Decorar a Casa em 2020 – Design de Interiores

plantas decoração monstera cuidados

Com a chegada de um novo ano, é preciso dar uma nova energia à casa. Nada melhor do que substituir algumas velhas decorações e aplicar uma nova pintura (ou até mesmo restruturar) alguns dos confortos do lar. As tendências para este ano que acabou de começar incluem o movimento ecofriendly (amigo do ambiente – muito em altas actualmente!), a simplicidade neutra, texturas confortáveis e muita opções DIY (“Faça você mesmo”). Se não sabem o que são todas estas temáticas, continuem a ler este artigo para entrar com tudo nestes loucos anos 20.

Ecofriendly (ou Biofilia)

A cada ano que passa, aumentam as preocupações em torno do meio ambiente.  As pessoas começam a procurar alternativas de vestuário, alimentação e decoração que sejam sustentáveis. Decorar a casa de forma ecofriendly, ou seja, de uma forma amiga do ambiente, não é apenas uma atitude ética, como pode dar bastante estilo.

Dentro das opções mais interessantes para tornar a casa mais sustentável, a revista Forbes recomenda o uso de matérias primas naturais, tintas orgânicas, designs cruelty free e a compra de móveis feitos com material reciclado. Exemplos disso são cortinas de seda, algodão ou lã, cadeiras feitas de bambu ou de garrafas plásticas recicladas, e até mesmo abat-jours feitos a partir de madeira descartada.

O mercado de design cruelty free também não deixa a desejar, oferecendo opções como por exemplo seda feita com folhas de bananeira e cabedal feito a partir de cascas de abacaxi. Sabiam? O uso de produtos que não poluem o meio ambiente também pode ser mais benéfico, visto que, por exemplo, tintas orgânicas não libertam substâncias tóxicas no ar.

Textura confortável

Este ano, a moda parece afastar-se das cores mais vivas em detrimento de brincar com a vividez das texturas. Podemos optar por cores mais neutras, combinando-as com um tapete com textura ou um sofá em linho. Assim, criamos uma sensação de conforto e aconchego mais através do toque do que o visual.

Simplicidade neutra

Parece um pleonasmo, mas trata-se simplesmente de enfatizar o velho ditado que diz “menos é mais”. Esta tendência procura valorizar a aplicação do branco em toda riqueza das suas tonalidades, incluindo os cinzentos e o famoso bege. O segredo aqui é adicionar detalhes em preto – especialmente quando pretende dar ênfase a funções específicas presentes na sala.

A ideia é manter uma coerência a nível do contexto, brincando com formas mais modernas (mas não demasiado psicadélicas) e texturas interessantes e confortáveis, mas evitando tons pastel e saturados (evitando ao máximo padrões de papéis de parede com grandes estampados coloridos). O destaque está mais na sensação do que na observação do ambiente, e sem comprometer o contraste.

diy mesa paletes

DYIs

Para quem tem jeitinho, não é novidade. Para quem é de modas, é sempre bom saber que agora é tendência pôr as mãos na massa. Quando fazemos nós mesm@s os projectos de decoração das nossas casas, obtemos opções que costumam ser muito originais (porque a peça é feita por nós, ao invés de ser produzida em massa numa fábrica), muito mais económica, sustentável (caso se recorra a algum material reciclado) e até mesmo muito terapêutica. Afinal, tirar um tempo para estruturar alguns utensílios domésticos ou criar a própria decoração são momentos de paz interior.

Pintem ou montem caixas elegantes e cheias de estilo para guardar coisas, criem desenhos/quadros ou escolham citações inspiradoras para colocar numa parede; façam candeeiros especiais para diferentes divisões, ou podem até construir pequenos móveis. Seja como for, não tenham medo de meter mãos à obra! A internet está cheia de ideias que podem não apenas servir de inspiração, mas também ensinar-nos a deixar as nossas marcas em casa!



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.