Olá, 2022!

feliz 2022 oh my guida blog português beauty blogger

Sei que quem faz o hábito é o monge e já há muito que me deixei das tretas do ano novo, vida nova. Melhor que ter resoluções que saem sabotadas ao fim de pouco tempo e que trazem desânimo, é seguir o caminho em frente, com altos e baixos, mas em frente – e um dia de cada vez.

Vivemos tempos estranhos. Creio ser unânime: os últimos 2 anos foram desconcertantes com tantas novidades, nem sempre boas, e parece que ainda não podemos respirar de alívio e rir-nos disto tudo. Ainda assim, tenho muita sorte nesta coisa aleatória da vida e sinto que tenho de agradecer.

Agradecer por ter família. Por ter a melhor filha. Por estarmos juntos, por estarmos bem. Por termos saúde. Por termos comida, por termos tecto, por termos conforto. Por podermos ter os bichos connosco. Na verdade, tenho de agradecer porque temos tudo. Temos mais que o suficiente, os nossos dias são bons. Podemos comprar ninharias, comer fora, passear. Temos as contas em dia. Não somos milionários mas temos sustento. Temos como estender a mão a quem tem menos que nós.

Tenho de agradecer porque o caminho tem sido de progresso, de conquistas, de liberdade. Tenho de agradecer porque nasci e, até agora, vivi no melhor lugar do mundo – posso ser quem quiser, sei ler, sei escrever. Posso aprender o que quiser. Posso conduzir. Posso ensinar à minha filha que não há mundo que a pare. Mesmo que nem tudo seja perfeito, aqui, a vida é boa. No fim do dia, sabemos queixar-nos tanto de tão pouco. Estará certo?

Tenho de agradecer pelo tempo em casa, por ter casa, pelo lazer, pelo descanso, pelo convívio. Pelos amigos: são poucos, mas são bons. Pela possibilidade de poder trabalhar confortavelmente no meu ninho – e por ter bons colegas que ajudam a que isto do teletrabalho seja um suplício menor.

No fim das contas, chega um novo ano repleto de oportunidades e eu tenho a sorte (a sorte!) de estar aqui, de braços abertos e mangas arregaçadas para o receber. Contra todas as adversidades, com muito esforço (e sorte, também sorte) cheguei a 2022. Nada está garantido, a vida são instantes e é um luxo poder estar a escrever isto.

E sabem o que ficou de 2021?

Mesmo com o panorama global, a vida segue e somos tão incríveis que nos adaptamos ao mundo que nos rodeia com uma eficácia extraordinária. Nem pensem que estou para aqui com uma positividade tóxica, que sei bem da severidade das circunstâncias. É só que, pessoalmente, tenho algumas vitórias a registar que fazem com que considere que não foi um ano assim tão trágico e que julgo serem dignas de registo. Ora, vejam:

  • Tirei a carta de condução. Há quantos anos me andam a ouvir dizer que ia fazê-lo? Onze, doze? Aconteceu em 2021, aos 31 anos. Nunca é tarde!
  • Inscrevi-me no ginásio. Por inscrever, leia-se que vou aos treinos/aulas (quase) religiosamente desde o final de Agosto e isto tornou-se tão essencial como ir fazer as compras cá para casa – nem sempre apetece, mas tem de ser… Que eu cá não pago para faltar. Ah. pois é!
  • Comecei a investir. Baby steps, mas troquei as maquias “irrisórias” que se destinavam a jogatina perdida (Euromilhões e raspadinhas, pois claro) por investimentos. Há um longo caminho a percorrer, mas já vos disse por outras palavras, no ponto anterior, que não gosto de deitar dinheiro ao lixo.

Faço votos de que o vosso 2022 seja bom, próspero, em paz e com muita saúde!

Comentários

Related Posts

2018 – 10 Anos de Blog

2018 – 10 Anos de Blog

Ano novo, projectos novos, preocupações velhas. São mais as vezes em que prometemos a nós mesmos que as coisas vão mudar e os planos são sabotados, que aquelas em que efectivamente há novidades. 2015 não foi o melhor ano. 2016 foi pior. 2017, bem… Ainda […]

Feliz 2017!

Feliz 2017!

Que este ano que começa agora nos/vos encha as medidas! São estes os meus votos. Que, em jeito de retrospectiva e assim muito rápido, 2016 foi um ano do caneco. Para o bem e para o mal. Conheci o melhor e o pior deste mundo […]



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *